Meizu M5 Note – Configurações, data e preço do lançamento

Depois de ser o protagonista de uma série de rumores no outro lado do mundo, finalmente a Meizu resolveu revelar detalhes do seu já bastante aguardado M5 Note. Como já é bastante costumeiro da fabricante, o dispositivo com tela de 5,5 polegadas parece trazer um design bem minimalista – que fica entre os iPhones e a linha Galaxy, da Samsung –, um precinho camarada e um hardware intermediário que não desaponta em tarefas mais exigentes. O destaque? Uma bateria capaz de manter o equipamento funcionando por um bom tempo.

06141323816306-t1200x480

Em um mercado repleto de competidores de alta performance, a companhia chinesa focou em um segmento um pouco mais humilde para conquistar o público aficionado por gadgets mobile. Assim, entre as configurações do novo smartphone da casa, estão itens como um display LTPS com tecnologia 2,5D – com um vidro levemente curvado nas extremidades da tela –, 3 a 4 GB de memória RAM e uma câmera traseira de 13 megapixels, tudo isso rodando o Flyme OS 6.0 – baseado no Android Marshmallow.

06140942019303

Especificações Técnicas

  • Tela: LTPS IPS LCD de 5,5 polegadas
  • Resolução de tela: Full HD (1920×1080 pixels)
  • Sistema operacional: Flyme OS 6.0 (baseado no Android 6.0)
  • Processador: Mediatek MT6755 Helio P10 octa-core (quatro núcleos Cortex-A53 de 1,8 GHz e quatro de 1,0 GHz)
  • GPU: Mali-T860MP2
  • Memória RAM: 3 GB ou 4 GB
  • Armazenamento interno: 16, 32 ou 64 GB
  • Armazenamento externo: cartões micro SD de até 256 GB
  • Câmera traseira: 13 MP (com flash LED dual-tone e foco PDAF)
  • Câmera frontal: 5 MP
  • Conectividade: 4G LTE 150/50M, Bluetooth 4.0, WiFi a/b/g/n, porta micro USB Tipo-C
  • Recursos exclusivos: leitor de impressões digitais
  • Bateria: 4.000 mAh
  • Peso: 175 g
  • Dimensões: 75,8 mm de largura x 153,6 mm de altura x 8,1 mm de espessura

Custo-benefício em belas opções

Como dá para perceber, a combinação de uma tela Full HD, configurações mais modestas e uma bateria generosa com 4.000 mAh deve fazer o Meizu M5 Note ir na contramão de outros aparelhos com telas maiores – que custam para passar o dia longe da tomada com um uso mais intenso do dispositivo. Além disso, como se trata de um item que costuma ficar perto de você todo o tempo, o celular oferece uma boa diversidade de opções de cor: desde o cada vez mais popular dourado e o belo azul até os mais tradicionais prata e cinza.

Segundo a fabricante, o equipamento deve chegar ao mercado chinês ainda esta semana, no dia 8 de dezembro, com preços que vão de 899 a 1499 yuans – R$ 447 e R$ 750, respectivamente, em uma conversão direta das moedas –, dependendo das configurações escolhidas para o aparelho. Como a Meizu anda em um ritmo de lançamentos bem mais promissor que a Xiaomi em território brasileiro, ainda dá para torcer para que o M5 Note chegue por aqui.

 
 
 

Autor

Mas posts de