Mundo Google 

Google compra a Wave e fica ainda mais a frente da Apple

A Apple revelou na segunda feira na WWDC que o aplicativo Maps da empresa foi atualizado para uma versão para o Mac, o que deve trazer uma melhora ao programa. Porém, o maior rival do aplicativo, o Google Maps, está crescendo cada vez mais.

Wave

O Apple Maps foi lançado ano passado, e devido a uma inúmera quantidade de bugs ele teve uma péssima recepção do público. O lançamento de um aplicativo de mapas da Apple ocorreu após um desentendimento entre a empresa e o Google, que acabou por tirar o Google Maps dos sistemas operacionais da Apple.

Depois do fiasco que foram os primeiros meses do Apple Maps, a empresa deveria correr para alcançar seu grande rival. Porém, isso virou uma tarefa praticamente impossível, visto que o Google Maps não pára de crescer.

Recentemente o Google comprou a Waze, que possui alguns elementos diferenciados que darão ao Google Maps um grande passo à frente de qualquer outra empresa.

Mas que contribuição tão grande pode uma empresa de 100 funcionários como a Waze dar ao Google Maps?

São três os elementos-chave: O aplicativo em si, que possui uma ótima interação social e mapeamento de rotas; Um banco de dados contendo informações de uma grande quantidade de localizações; e a equipe extremamente qualificada do Waze.

Ainda assim, alguns especialistas na área de mapas afirmam que o Google não precisaria ter tomado essa atitude, visto que o Google Maps é o número um no ramo.

Devido a isso, restam algumas poucas especulações sobre o real motivo da compra. A empresa poderia ter feito isso para impedir que a Apple comprasse a Waze (o que faria muito mais sentido) e crescesse a ponto de se tornar um rival em potencial. Outro motivo pode ter sido impedir a própria Waze de se tornar uma competidora.

Mesmo sem um motivo explícito para a compra da Wave, ela pode trazer uma contribuição significativa para o Google Maps, e deixar a Apple cada vez mais atrás na área dos mapas.

Related posts

Deixe seu comentário