Internet Mundo Google 

Google anuncia fim do Google Reader

O Google havia anunciado o fim do Google Reader no mês de março, e hoje é o dia de sua morte. O motivo que levou a gigante da tecnologia a fechar um de seus serviços foi a gigantesca queda na utilização dele.

Atualmente são poucas as pessoas que ainda utilizavam o Google Reader como uma forma de acompanhar as postagens dos seus sites favoritos. Obviamente essa queda na utilização tem como principal causa a ascensão de redes sociais como o Facebook e o Twitter. Esses dois sites, apesar de não terem a exata função do Google Reader, servem como um ótimo substituto para ele (desde que os sites que você queira acompanhar possuam contas com postagens atualizadas).

Porém, não apenas devido a essas duas redes sociais, um fator que teve uma grande influência na morte do Reader veio de dentro da própria empresa, o Google+. Há algum tempo o Google Reader foi se conectando ao Google+, e no momento em que o Google+ passou a ter uma importância maior para a empresa, o Reader presenciou o início de sua queda.

Hoje também é a data marcada para o fim do RSS Alerts do Yahoo, que possui (ou possuía) a mesma função do Google Reader. A alternativa que o Yahoo propõe para o RSS Alerts é se inscrever no Keywords News para receber as informações por e-mail.

Com a morte do Reader, algumas empresas estão se adiantando para melhorar, ou mesmo criar, seus serviços e tentar englobar os antigos usuários do Google Reader. Exemplo disso é a Digg, que está atualizando seu site para permitir que antigos usuários do Google importem suas configurações para o site. Outros exemplos são a Feedly, que passará a ter suporte a todos os browsers e a AOL, que lançou seu próprio serviço de notícias RSS na segunda-feira da semana passada.

Related posts

2 Thoughts to “Google anuncia fim do Google Reader”

  1. facebook melhor meio de comunicação do mundo…

Deixe seu comentário